Psicologia Reflexão: Viver o excepcional

A felicidade, por ser tão subjetiva, é difícil de definir, mas pode ser vista como sensação de bem estar ou senso de propósito. Muitas pessoas passam a vida inteira perseguindo-a e, sem dúvidas, é algo que todos nós queremos.

Podemos acreditar que ela é formada por momentos ou que é permanente, contudo, sabemos que não temos o controle absoluto sobre nossa felicidade, já que ela é fortemente influenciada por fatores externos e até mesmo genéticos.

Além disso, a felicidade também está associada a percepção individual que cada indivíduo tem sobre a vida.

 

Características de uma pessoa feliz

Algumas características são comuns entre as pessoas felizes e se manifestam no comportamento. Confira alguns atributos:

  • Risos constantes
  • Reconhecimento sobre a alegria diárias
  • Facilidade com relacionamentos interpessoais
  • Vontade de ajudar o próximo
  • Amor próprio e se colocar em primeiro lugar
  • Otimismo e resiliência
  • Responsabilidade por seus atos
  • Jogo de cintura no ambiente corporativo
  • Habilidade na resolução de conflitos

 

Viver x Sobreviver

Você vive ou sobrevive? Há uma clara diferença entre as duas.

Viver é quando aproveita a vida, os momentos, a família, desfruta do tempo livre e dos prazeres da vida, sejam eles grandes ou menos expressivos. Viver é estar conectado com a sua essência.

Sobreviver é limitado a se manter vivo biologicamente, cumprindo as necessidades básicas, como comer e dormir. Assim, levando uma vida sem prazer, quase como que viver apenas pelo instinto.

A sobrevivência pode ser exemplificada como trabalhar fazendo algo que não gosta, apenas por causa do salário, odiar as segundas-feiras, passar a semana esperando o final a chegada do sábado e contar os dias para as férias, por percebe-los como única oportunidade de encontrar-se com momentos satisfatórios.

Você já se sentiu assim? Reflita, porque você pode estar deixando sua vida passar diante dos seus olhos. Não adie seu prazer. Viva o agora!

Procure identificar quais são os fatores que te fazem mal e busque meios de muda-los. Tente ter prazer no trabalho e fora dele, buscando tempo para seus hobbies e objetivos.

Aproveitar a vida pode ser uma oportunidade única.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios

https://www.psiseg.com.br/wp-content/uploads/2020/03/psiseg_logo_braco_m.png

Visite-nos nas redes sociais:

https://www.psiseg.com.br/wp-content/uploads/2020/03/psiseg_logo_braco.png

Visite-nos nas redes sociais:

© Copyright 2021 – PSISEG – Todos os direitos reservados.

© Copyright 2021 – PSISEG – Todos os direitos reservados.