PsicologiaMorro antes de tomar o tiro: saiba como diminuir a ansiedade

https://www.psiseg.com.br/wp-content/uploads/2020/08/ansiedade-1280x854.jpg

Notificações que não param no celular, notícias e informações que chegam a todo o momento, problemas surgindo e cada vez mais medo diante das incertezas do futuro. Sentir o coração disparar, a respiração ficar ofegante ou até mesmo um nó no estômago podem acontecer como consequência do mundo moderno que vivemos. Mas quando essas sensações passam a ser consideradas um transtorno? Como saber se o que estamos sentindo não é mais considerado normal?

A ansiedade é um conjunto de sensações físicas e psicológicas que podem surgir diante de uma suposta antecipação de perigo ou mesmo o medo em relação a algo que possa acontecer no futuro. Quando esses sentimentos se tornam exagerados, eles podem gerar uma série de transtornos, como transtorno de ansiedade generalizada (TAG), crises de ansiedade, síndrome do pânico, estresse pós-traumático, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), entre outros.

Para o diagnóstico correto, é preciso procurar um especialista que possa oferecer uma análise clínica. Nem todas as emoções decorrentes da ansiedade podem ser sinais de algum transtorno. Em muitos casos, a ansiedade é um sentimento desejável e comum no dia a dia, aparecendo em situações estressoras ou de perigo. No entanto, para muitas pessoas ela acaba sendo algo desproporcional e fora de controle, gerando transtornos que prejudicam a rotina, seja na vida social ou no trabalho.

É o famoso “morro antes de tomar tiro”. Para muitos, as reações a certas situações são tão intensas que podem gerar crises e comportamentos exagerados de angústia, apreensão, medo e sofrimento por antecipação. Esses sentimentos, muitas vezes, podem vir acompanhados de problemas físicos, como dores no peito, tensão muscular, dor de cabeça, enjoo, diarreia, sudorese, incontinência urinária e outros sintomas que variam de pessoa para pessoa.

Ter uma predisposição biológica também pode favorecer o quadro, assim como ter passado por experiências traumáticas, viver em ambientes conturbados ou mesmo estar exposto a um momento de muito estresse. É por isso que é preciso avaliar caso a caso e procurar um especialista para tratar dos transtornos de ansiedade de forma correta. A psicoterapia é um dos tratamentos mais recomendados, assim como, em muitos casos, é também necessário o acompanhamento de um psiquiatra para o uso de medicamentos.

Outras atividades também podem ajudar na diminuição da ansiedade, como práticas meditativas, técnicas de relaxamento, exercícios físicos e até mesmo manter uma dieta saudável e outros bons hábitos no dia a dia.

 

Aqui na PSISEG, nosso time de psicólogos está preparado para acolher todos os pacientes que estão precisando de ajuda. Compartilhe as suas questões conosco e veja como podemos te auxiliar!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios

https://www.psiseg.com.br/wp-content/uploads/2020/03/psiseg_logo_braco_m.png

Visite-nos nas redes sociais:

https://www.psiseg.com.br/wp-content/uploads/2020/03/psiseg_logo_braco.png

Visite-nos nas redes sociais:

© Copyright 2020 – PSISEG – Todos os direitos reservados.

© Copyright 2020 – PSISEG – Todos os direitos reservados.